Pós-Graduação em

Políticas Sociais e a Intersetorialidade

O projeto pedagógico do curso de especialização em “Políticas Sociais e a intersetorialidade” tem como eixo articulador o estudo do Serviço Social como profissão e como área de conhecimento, face às novas configurações da questão social no contexto das relações Estado/Sociedade.

 

Visando o conhecimento das possibilidades de defesa de valores ético-políticos emancipatórios, no interior da sociedade capitalista e do Serviço Social. Investiga ainda os fundamentos ontológicos das manifestações ético-morais do ser social e de suas configurações profissionais no Serviço Social.

 

Política Social nesta área concentram-se estudos sobre a política social e os direitos sociais no Estado capitalista, assim como estudos e pesquisas sobre os sujeitos coletivos e os modos de participação da sociedade civil na esfera pública, com destaque para os movimentos sociais.

 

Política Social e Gestão Social
tem como objeto a análise da Política Social e suas determinações sócio-históricas, particularmente na sociedade brasileira, com destaque para a investigação sobre os seus fundamentos, processos de construção e concretização de direitos sociais e impactos nas condições de vida da população.Concentra ainda pesquisas sobre gestão das ações sociais públicas e processos de tomada de decisão, implementação, monitoramento e avaliação de políticas, programas e serviço sociais.

 

Seguridade e Assistência Social
tem como objeto a Seguridade Social, sua construção histórica e fundamentos, com destaque para a Assistência Social como política pública de proteção social não contributiva, asseguradora de direitos sociais. Inclui o exame dos processos, dispositivos, impactos e resultados dessa política em âmbito nacional e internacional.

 

Movimentos Sociais e Participação Social
Esta linha concentra propõe estudo sobre os movimentos sociais urbanos e outras modalidades de ações coletivas e formas de organização e participação nos processos de democratização da esfera pública e concretização dos direitos sociais.

 

Intesetorialidade

A intersetorialidade vêm despontado como princípios ordenadores das políticas sociais na contemporaneidade. Sabe-se que a política de assistência social tem a intersetorialidade como um dos seus eixos estruturantes. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo levantar e discutir aspectos contextuais, conceituais e tipológicos de redes, intersetorialidade, e como suas concepções são incorporadas na gestão das políticas sociais, em especial na política de assistência social.

 

Objetivo

Formar profissionais capazes de desenvolver as competências e habilidades requeridas pelo mundo de trabalho, como mediador dos direitos sociais dos cidadãos, nas políticas sociais e a intersetorialidade.

Público Alvo

Graduados dos mais diversos cursos em instituições reconhecidas pelo MEC.



Ficha Técnica

Coordenador(a)

Me. Eliane Amarilha de Souza Dantas

Carga horária

450 h

Período

Semanalmente (terças e quintas) ou quinzenalmente, aos sábados.

Investimento

entre em contato conosco - unifamma@unifamma.edu.br

Preencha o formulário abaixo para que possamos dar inicio ao seu processo de inscrição. Não se esqueça de baixar o "manual do candidato". Após enviar suas informações, aguarde, pois nossa equipe entrará em contato para finalizar o processo.

Seus Dados
Seu Endereço
    << Voltar