Dia do Profissional de Secretariado (30/9)

outubro 06, 2015 UnirConhecimento 55

A função de escriba, exercida pelo sexo masculino à  época dos  faraós,  são os registros mais antigos  da profissão de  secretariar.  Com a Revolução Industrial, volta a aparecer a função de secretário e, após as duas guerras mundiais, por falta de mão-de-obra masculina, houve o surgimento da figura feminina bastante atuante na área, na Europa e nos Estados Unidos.

  No Brasil, a figura da secretária  surge começa a se firmar  na década de 50. Nessa mesma época, especialmente devido à  implantação de cursos direcionados para a  área, tais, como datilografia e técnico em secretariado. No decorrer do tempo, a profissão de secretária sofreu grandes transformações.

O secretário que na década de 1960 era visto apenas como auxiliar, pois se limitava em executar tarefas básicas de datilografia, taquigrafia, arquivo e agendamento de compromissos, teve sua profissão melhor reconhecida e regulamentada com o decorrer dos anos, se destacando como facilitadora da comunicação dentro das organizações, e exercendo, até por vezes papel de gerente.

Neste contexto, a função demandou novas competências do profissional, exigindo  aperfeiçoamento contínuo dos conhecimentos deste profissional, além de dinamismo para contribuir com os vários setores da empresa, assessorando e executando com criatividade suas tarefas.  Atualmente a profissão de secretário se caracteriza como a ponte entre os que tomam as decisões e aqueles que as executam.

Diante das exigências do mercado, e da luta da classe profissional no decorrer dos anos 1990,  o secretariado se fortaleceu enquanto área de conhecimento dentro dos centros universitários.

O bacharelado em Secretariado Executivo está ligado ao domínio organizacional, institucional e intelectual das Humanidades, embora também possa ser pensado nas Sociais Aplicadas. Este profissional recebe uma formação abrangente, estruturada por um currículo elaborado para atender as necessidades da profissão.

Além disso, precisa ter conhecimento em administração, relações humanas, sociais e jurídicas, com estimulo ao trabalho em equipe são alguns dos focos do curso, pois se espera deste profissional capacidade de comunicação, liderança, criatividade, capacidade de planejamento, negociação, espírito empreendedor e iniciativa própria com foco na assessoria.

Pela abrangência supracitada, para Nonato Júnior (2009), a profissão é apontada como  uma das carreiras mais promissoras, pois atua nos mais diferenciados tipo de organização, instituições e iniciativas da sociedade civil.

Neste  30 de setembro comemora-se o dia do profissional de Secretariado. Parabéns a  todos nossos acadêmicos e professores  do curso que completa  15 anos juntamente com a FAMMA. 

 

 

 

 Se  no início eram exigidas habilidades de exímia datilógrafa e executar  exatamente o que o chefe pedia, hoje esse profissional  assume uma posição mais qualificada, tomando decisões e filtrando o que deve ou não chegar às esferas superiores.  As novas tecnologias substituíram a datilografia e a taquigrafia. 

 

A moderna secretária é praticamente uma assessora da presidência ou diretoria para a qual trabalha. Além de gerenciar a qualidade das atividades que desenvolve na empresa, também administra a vida e a agenda particular dos executivos. Trata-se, portanto, de uma tarefa de extrema confiança, que exige discrição absoluta.


Diante disso, as palavras que poderíamos apontar como cruciais na rotina diária de uma secretária seriam: postura, discernimento e jogo de cintura.

Nas décadas de 60 e 70 houve a expansão da profissão, mas somente a partir dos anos 80 a categoria conseguiu, por meio de muita luta, a regulamentação da profissão, com a assinatura da lei nº 7.377, de 30/09/1985.

Com a regulamentação a classe ganhou força, surgindo os sindicatos das secretárias.

Em 1988 foi criada a Fenassec – Federação Nacional de Secretárias e Secretários em Curitiba, Paraná.

Em 7 de julho de 1989 é publicado o Código de Ética Profissional, criado pela União dos Sindicatos.

Segundo estudiosos, a palavra “secretária” tem origem no latim e deriva dos seguintes termos:

 

  • . Secretarium – lugar retirado;
  • . Secretum – lugar retirado, retiro;
  • . Secreta – particular, segredo.

Com o tempo, ocorreram mudanças tanto no significado como na grafia desses termos, surgindo, assim, Secretária.

Comentários

Deixe sua mensagem