Semana Pedagógica

julho 17, 2012 UnirConhecimento 44

A Faculdade Metropolitana de Maringá promoveu, entre os dias 16 e 18 de julho, a Semana Pedagógica, com objetivo de planejar as atividades para o segundo semestre letivo, bem como proporcionar um período de formação aos docentes da Instituição.

No primeiro dia (16), a Profª Dra. Sinclair Pozza Casemiro, graduada em Letras Anglo Portuguesa (UEM) e Pós-Doutora em Letras Clássicas e Vernáculas (USP) apresentou, aos professores, estratégias de leitura e propôs métodos a serem empregadas nos trabalhos em sala de aula.

A palestrante iniciou sua fala salientando que existem dois tipos de leitura: de palavras e de mundo, e destacou que a última interfere no modo de compreensão do texto. Para melhor explicitar esse postulado, apoiou-se da obra de Paulo Freire (1991), A importância do ato de ler, na qual revela a importância da leitura de mundo para a leitura de palavras.

A Profª Sinclair destacou que uma leitura eficaz deve abarcar três competências: inteligibilidade, interpretação e compreensão do texto. E sobre estes aspectos, conforme a professora, “a leitura crítica da palavra e de mundo pode permitir ao sujeito inteligir, interpretar e compreender sua realidade, bem como as manifestações culturais da sociedade”.

Em seguida, a palestrante explorou a compreensão de texto, destacando que esta depende dos contextos ideológicos e da historicidade. Deste modo, a compreensão procura a explicitação dos processos de significação presentes no texto, ou seja, “permite escutar outros sentidos”, explica a Profª Sinclair.

Na sequência, ela nos apresentou os níveis de leitura, a saber: leitura elementar, leitura por inspeção, leitura analítica e leitura comparativa. Para atingir a inteligibilidade, interpretação e compreensão, a palestrante nos orientou a fazer a leitura analítica.  Acerca deste modo de ler, o leitor precisa responder as seguintes perguntas: O livro como um todo trata do que? O que está sendo dito, detalhadamente, e como? O livro é verdadeiro no todo ou em parte? Qual o significado e a importância do livro? Assim, o leitor sai do discurso do autor para formar outros discursos.

Ainda sobre leitura analítica, a palestrante disse haver algumas regras a serem seguidas, tais como:

– Saber qual tipo de livro está lendo;

– Citar a unidade do livro inteiro em uma frase, no máximo, um parágrafo curto;

– Citar as partes principais do livro, mostre que elas são interdependentes, e forme uma unidade;

– Definir o problema ou problemas que o autor quis resolver;

-Descobrir os termos importantes e seus significados para conversar com o autor, usando terminologia conhecida;

– Descobrir as frases mais importantes;

– Localizar argumentos a partir das frases principais;

– Descobrir quais são as soluções do autor e as perguntas que ele não conseguiu resolver;

– Dizer “Entendo” antes de poder dizer “Não Concordo” ou “Concordo”;

– Ser razoável, quando não concordar;

– Respeitar as diferenças entre conhecimento e opiniões;

– Mostrar como o autor está desinformado, se você não concorda com o livro.

Para a professora, é interessante, ainda, que o sujeito que faz a leitura personalize o livro: “Escreva no livro. Ler é uma conversação. Escreva esta conversação no livro”.

Por fim, a professora Sinclair fez uma atividade prática com os presentes, por meio da leitura de um capítulo do livro supracitado, “A importância do ato de ler”, de Paulo Freire (1991).

Este foi um momento valioso de formação aos professores, haja vista a dificuldade em se trabalhar leitura e compreensão de texto em sala de aula. Contribuiu, ainda, para o aprimoramento de estratégias de ensino, por intermédio das quais podem ser vislumbrados outros olhares ao texto.

A Semana Pedagógica encerrou-se com as reuniões de curso, nos dias 17 e 18. Nestes encontros, os coordenadores se reuniram com os respectivos professores para informá-los sobre as propostas de trabalho para o semestre 2_2012 e as adequações a serem realizadas.

 

Comentários

Deixe sua mensagem