As inscrições para o vestibular da unifamma estão abertas! A Unifamma possui hoje mais de 20 cursos de graduação presencial e mais de 50 na modalidade EAD. Olha só como é fácil de inscrever no vestibular. Confira o passo-a-passo:

  1. Escolha o curso e a modalidade de ensino
  2. Inscreva-se
  3. Faça a Prova na instituição
  4. Matricule-se

 

A Unifamma possui vários programa de descontos que podem te ajudar a ingressar no ensino superior.

Se você ainda está no ensino médio, provavelmente já foi confrontado a responder uma das perguntas mais importantes da sua vida inteira: qual faculdade fazer?

Não importa que você esteja em um turbilhão de hormônios que fazem você ora estar revoltado com seus pais, ora querendo mudar o mundo, ora pensando apenas em sexo. As pessoas esperam que você defina, desde já, qual faculdade fazer, qual profissão vai seguir pelo restante da vida.

E assim você fica frente a frente com o formulário do Enem ou do vestibular e tem que marcar um xis em alguma das opções definidas. Publicidade? Ciência da Computação? Fonoaudiologia? Ou algo mais tradicional como Direito, Medicina, Engenharia?

Algumas pessoas têm a sorte de já saber o que quer fazer da vida desde a mais tenra idade. É aquela menina que já praticamente nasceu sabendo que quer se dedicar ao teatro. Ou o garoto que é um advogado natural desde que deixou as fraldas.

Mas e você, que não tem nem ideia de para onde ir? Como definir qual faculdade fazer sem medo de se arrepender dessa decisão pelos próximos 40, 50, 60 anos?

Sabemos que definir qual faculdade fazer é algo que terá um grande impacto não somente durante os quatro ou cinco anos que você terá que se dedicar diariamente ao curso de graduação, mas também sobre a sua vida profissional como um todo.

 

Definindo um método objetivo de escolha

Assim, a primeira ação que você deve tomar para escolher qual faculdade fazer é definir um método objetivo de escolha.

A maior parte das pessoas que fica em uma encruzilhada sobre qual faculdade fazer acaba tomando a decisão por impulso, de forma emocional, quando chega o fim do prazo para entregar o formulário de inscrição do Enem ou do vestibular.

Claramente, esta não é a melhor forma de decidir qual faculdade fazer. O que você precisa é de um método, um sistema testado e aprovado que reduza as suas chances de erro.

Se você analisar friamente, o que você está fazendo aqui é escolher a profissão que seguirá para o restante da vida, se tudo der certo. Então você precisa pensar não apenas na faculdade, mas sim na atividade que estará desempenhando oito horas por dia, cinco dias por semana, por cerca de 30 anos ou mais depois que terminar a faculdade.

Sendo assim, o método deve seguir cinco passos essenciais:

  1. Visualizar o seu futuro
  2. Reduzir as opções a uma das três grandes áreas
  3. Listar as opções viáveis dentro da área escolhida
  4. Analisar tendências de mercado
  5. Tomar a decisão, mantendo um Plano B

 

Neste artigo, vamos ver um a um esses passos. Antes, no entanto, pegue papel e caneta (não serve o computador) para anotar as suas respostas. Comecemos por…

 

1. Visualizar o seu futuro

Qual faculdade fazer? Visão de futuro

O primeiro passo a ser dado para definir qual faculdade fazer é realizar um exercício de imaginação.

Esqueça por um momento toda história de Enem, vestibular, faculdade, salário etc. Abra sua mente para pensar: se nenhuma dessas coisas fosse um obstáculo, o que você se vê fazendo pelo restante da vida?

Qual a coisa que você gosta tanto de fazer que faria até de graça, se isso fosse possível?

Não tenha vergonha dos seus próprios pensamentos.

Se você gosta, por exemplo, de super-heróis e histórias em quadrinhos, anote isso. Você pode sim ganhar dinheiro com isso, sendo um jornalista especializado no assunto, sendo desenhista, sendo roteirista, sendo editor de revistas, mantendo um site especializado em quadrinhos…

Se você gosta de passar o dia malhando na academia, você pode vir a ser um personal trainer, um nutricionista, um fisioterapeuta, um médico, um educador físico.

A única regra para esse primeiro passo é não se restringir. Se você gosta de mais de uma coisa, anote todas elas. Se você não gosta de nada, simplesmente de ficar navegando no Facebook e no Instagram, anote isso também (você pode ser um analista de social media, um programador, um publicitário especializado em mídias digitais etc.).

(Outra opção para quem não tem a mínima ideia sobre qual faculdade fazer é realizar um teste vocacional.)

Quando for visualizar o seu futuro, não pense em qual faculdade fazer, mas sim no que você vai fa